top of page

Super Indetectável

Personagem parte de uma estratégia de comunicação em saúde com base na ciência

O Super Indetectável é um personagem sem gênero definido criado como parte de uma estratégia de comunicação digital em saúde para promover e ampliar o conhecimento e a discussão acerca de saúde sexual e reprodutiva, especialmente sobre as infecções sexualmente transmissíveis.


O estrategista de marketing digital, especialista em sexualidade e mobilizador social João Geraldo Netto dá rosto, voz e movimento ao Super Indetectável.

A estratégia surgiu em 2008 e é formada por um canal no YouTube, um grupo secreto e de ajuda mútua no Facebook chamado Rede Mundial de Pessoas que Vivem e Convivem com HIV, grupos no WhatsApp divididos em diferentes temas, canais de podcast, canal de acolhimento por pares e perfis no Twitter e Instagram.

Gallery

SERVIÇO

Descreva o serviço oferecido e como os usuários podem se beneficiar dele.

SERVIÇO

Descreva o serviço oferecido e como os usuários podem se beneficiar dele.

SERVIÇO

Descreva o serviço oferecido e como os usuários podem se beneficiar dele.

Postagens no Instagram

QUAL É A JANELA IMUNOLÓGICA DO HIV | SUPER INDETECTÁVEL
05:01

QUAL É A JANELA IMUNOLÓGICA DO HIV | SUPER INDETECTÁVEL

Você sabia que os exames e testes anti-HIV precisam de uns dias até conseguirem confirmar que você foi infectado ou não pelo vírus que pode causar a aids? Isso acontece porque o corpo precisa de um tempo até entender que foi infectado pelo vírus e produzir anticorpos. Estes anticorpos são detectados pelos exames. Esse período é o que chamamos de janela imunológica. Exames que detectam bactérias como a que causa a sífilis também precisam de um tempo para detectar a infecção. Mas, afinal, quantos dias após o contato de risco você pode ter um diagnóstico preciso e já fora dessa janela imunológica? Este prazo pode variar um bocado e vai depender do tipo de exame ou teste que você realizar. Se você fizer um exame ou teste de terceira geração, por exemplo, você precisará esperar entre 25 e 28 dias para que seu corpo produza anticorpos específicos que serão detectados. O Ministério da Saúde recomenda, portanto, que aguarde 30 dias até fazer o teste e garantir o resultado. Esses testes de terceira geração verificam apenas a presença de anticorpos, mas são muito seguros, independente se são feitos com uma seringa ou uma gotinha de sangue da ponta do dedo ou, ainda com fluido retirado da boca (uma mistura de saliva com pedacinhos da mucosa da boca). Já os exames e testes de quarta geração verificam a presença dos anticorpos e de antígenos do vírus, ou seja, substâncias específicas do invasor, no caso, o HIV. Neste caso, os exames já conseguem perceber a presença do vírus em cerca de 15 dias. É bom lembrar que algumas vacinas ou situações podem confundir o corpo e fazê-lo produzir anticorpos que podem ser identificados pelos exames ou testes anti-HIV, dando um falso positivo. Por isso, o profissional que for realizar o teste deve saber se você tomou alguma vacina específica ou teve algum quadro infeccioso recentemente e deverá realizar um segundo teste confirmatório para não te dar o resultado errado. Portanto, se você fez algum teste nos últimos anos, saiba que exames e testes anti-HIV realizados 30 dias após o contato de risco são seguros e precisos. Como a tal janela imunológica é uma das grandes dúvidas que chegam ao Super Indetectável ou na Rede Mundial. Por isso, fizemos um vídeo curtinho, claro e direto feito especialmente para quem quer tirar dúvidas sobre esse assunto. Não se esqueça de curtir o canal, deixar um joinha no vídeo e um comentário. Dá um moral aê! Curta o vídeo e nos siga nas redes sociais! AGRADECIMENTO 1. Roberta Francisco, Farmacêutica-bioquímica REFERÊNCIAS 1. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas do Manejo do HIV em Adultos. Disponível em http://bit.ly/2UoQPdC 2. Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV em Adultos e Crianças. Disponível em http://bit.ly/2J2XLM1 3. Janela Imunológica. Disponível em http://bit.ly/2tZopez

Vídeos no YouTube

bottom of page